Avaliação da ligação parental ao bebé após o nascimento: Análise fatorial confirmatória da versão portuguesa do Postpartum Bonding Questionnaire (PBQ)

Bárbara Nazaré, Ana Fonseca, Maria Cristina Canavarro

Resumo


A existência de perturbações na relação mãe/pai-bebé pode ter implicações prejudiciais para ambos os membros da díade. O Postpartum Bonding Questionnaire (PBQ, designado por nós como Questionário de Ligação ao Bebé após o Nascimento) foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a existência de perturbações na relação que mães e pais estabelecem com o seu bebé. No entanto, entre os diversos estudos já realizados com este instrumento, verificam-se resultados inconsistentes relativamente à sua estrutura fatorial. No presente trabalho, conduzimos os estudos psicométricos da versão portuguesa do PBQ, um instrumento de autorresposta composto por 25 itens e com uma escala de resposta de seis pontos (de 0 – Nunca a 5 – Sempre). Uma amostra comunitária de 229 casais, cujos bebés tinham aproximadamente 6 meses, respondeu a uma bateria de questionários. A realização de análises fatoriais confirmatórias permitiu comparar seis modelos, definidos com base nos estudos já realizados com este instrumento. Foi identificada como mais adequada aos nossos dados uma estrutura de um só fator, que difere da versão original do instrumento. A versão final do PBQ é constituída por 12 itens, tendo sido necessário alterar a tradução de um deles, de maneira a favorecer a sua compreensibilidade. O questionário apresentou bons índices de consistência interna e temporal, bem como valores adequados de validade convergente e discriminante. Verificou-se que os homens tendem a apresentar pontuações significativamente superiores no questionário. O PBQ constitui um instrumento de avaliação fiável e válido, passível de ser utilizado em contexto clínico e de investigação.

Texto Completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14417/lp.623

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Eletrónico: 1646-6004 | Copyright © ISPA - Instituto Universitário, 2012 | Portal otimizado para Internet Explorer 10, Firefox 32+, Chrome 37+ e Safari 5+.