Inventário de Potencial de Abuso na Infância: Dados preliminares das suas qualidades psicométricas numa amostra portuguesa

Maria Manuela Calheiros, Eunice Magalhães

Resumo


A identificação de situações de potencial de abuso por parte dos cuidadores carece de medidas validadas no contexto português, tornando-se uma ferramenta necessária e útil no contexto dos serviços de promoção e protecção das crianças e jovens. Assim, pretendemos com este trabalho explorar características psicométricas do Inventário de Potencial de Abuso na Infância, numa amostra de participantes portugueses (N=658), com idades compreendidas entre os 17 e os 76 anos, com uma média de 38 anos (DP=8.61), e 75% do sexo feminino. Para tal analisámos a validade de constructo através da Análise de Componentes Principais para Variáveis Categoriais Nominais, assim como a fidelidade e sua validade convergente através do Adult Self-Perception Profile. Os resultados revelaram uma estrutura de 5 dimensões teoricamente plausível e dados de consistência interna adequados. A adaptação e validação preliminar deste inventário no contexto português revelou indicadores consistentes de validade e fidelidade que reflectem a sua adequabilidade no contexto de avaliação do risco de parentalidade abusiva.

Texto Completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14417/lp.624

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Eletrónico: 1646-6004 | Copyright © ISPA - Instituto Universitário, 2012 | Portal otimizado para Internet Explorer 10, Firefox 32+, Chrome 37+ e Safari 5+.