Ilusões temporais: Paradigma experimental

Alexandre C. Fernandes, Teresa Garcia-Marques

Resumo


Neste artigo apresentamos o paradigma base subjacente ao estudo das ilusões temporais (i.e., sobrestimativas ou subestimativas da duração de estímulos ou eventos) promovidas por características não-temporais. É aqui descrito em detalhe o procedimento experimental para induzir este tipo de efeitos, sendo também descritas variações relevantes no paradigma, variáveis moderadoras identificadas na literatura e as teorias com poder explicativo mais abrangente para a maioria das ilusões temporais referidas.


Texto Completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Eletrónico: 1646-6004 | Copyright © ISPA - Instituto Universitário, 2012 | Portal otimizado para Internet Explorer 10, Firefox 32+, Chrome 37+ e Safari 5+.