Paradigma subjacente ao estudo da inferência condicional

Ana Cristina Quelhas, Csongor Juhos

Resumo


Neste artigo apresentamos os estudos sobre as inferências com frases condicionais, do tipo “Se A, então C”, como o paradigma experimental que tem sido privilegiado para estudar a raciocínio dedutivo. Iremos referir os efeitos principais que foram encontrados desde os estudos originais, bem como as diversas explicações teóricas de que a psicologia dispõe atualmente para explicar esses efeitos. Serão realçadas as metodologias habitualmente utilizadas, variáveis moderadoras e moduladoras, bem como alguns exemplos do uso do paradigma.


Texto Completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14417/lp.676

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Eletrónico: 1646-6004 | Copyright © ISPA - Instituto Universitário, 2012 | Portal otimizado para Internet Explorer 10, Firefox 32+, Chrome 37+ e Safari 5+.