Medindo necessidade de cognição e fé na intuição: Tradução e adaptação das duas escalas à população portuguesa

Joana Silva, Teresa Garcia-Marques

Resumo


Neste artigo são apresentadas duas escalas associadas à mensuração das características disposicionais necessidade de cognição (Cacioppo & Petty, 1982) e fé na intuição (Epstein, Pacini, Denes-Raj, & Heier, 1996). Estas escalas permitem aceder à tendência dos indivíduos se envolverem num modo de pensar mais cuidadoso e analítico e à tendência dos indivíduos se envolverem num modo de pensar mais intuitivo. A tradução e adaptação para a população portuguesa destas duas escalas foram levadas a cabo junto de 3 amostras diferentes. Tal como nas versões originais estas duas medidas apresentam-se como independentes.

Texto Completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14417/lp.761

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Eletrónico: 1646-6004 | Copyright © ISPA - Instituto Universitário, 2012 | Portal otimizado para Internet Explorer 10, Firefox 32+, Chrome 37+ e Safari 5+.