Qual a fiabilidade do alfa de Cronbach? Questões antigas e soluções modernas?

João Maroco, Teresa Garcia-Marques

Resumo


A análise da consistência interna de uma medida psicológica é uma necessidade aceite na comunidade científica. Entre os diferentes métodos que nos fornecem estimativas do grau de consistência de uma medida salienta-se o índice de Cronbach sobre o qual acenta a confiança da maioria dos investigadores. Os utilizadores deste método têm-no sugerido como conservador especialmente para os casos em que os itens da escala são heterogéneos, são dicotómicos ou definem estruturas multi-factoriais: o alfa de Cronbach fornece uma sub-estimativa da verdadeira fiabilidade da medida. Neste artigo apresentamos e discutimos o método de Cronbach, com ênfase na inferência sobre este índice e nas propostas alternativas a este método de estudo da consistência interna. Por último faremos uma breve referência à discussão que emerge no campo no que concerne a interpretação deste índice feita pelas perspectivas psicométrica vs. datamétrica.

Texto Completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14417/lp.763

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Eletrónico: 1646-6004 | Copyright © ISPA - Instituto Universitário, 2012 | Portal otimizado para Internet Explorer 10, Firefox 32+, Chrome 37+ e Safari 5+.