Promoção do desenvolvimento psicossocial das crianças através dos Serviços de Cuidados de Saúde Primários

Pedro Caldeira da Silva, Cláudia Eira, Maria de Góis Vicente, Rita Guerreiro

Resumo


O presente trabalho resulta de um longo processo de investigação e elaboração no sentido de tentar organizar nos serviços existentes de cuidados de saúde primários um programa destinado a dar formação aos médicos de família, introduzindo a dimensão «saúdemental» nas consultas de rotina da gravidez e até ao fim do segundo ano de vida das crianças, com um mínimo de «perturbação» possível e uma eficácia demonstrável.

Avalia-se a importância da formação para a modificação das práticas e atitudes dos médicos de família; em seguida avalia-se o impacto que esta formação em conjunto com a utilização na consulta de um instrumento (entrevistas semi-estruturadas), facilitador da abordagem dos aspectos afectivos e relacionais, tem nas mães e crianças pequenas; e finalmente avalia-se o impacto que a simples aplicação do instrumento teria.

Os resultados apontam, de uma forma global, para a existência de efeitos relevantes da formação sobre as práticas dos médicos, mas sugerem igualmente que estes efeitos não se traduzem em grandes diferenças nas crianças e nas mães.


Palavras-chave


promoção da saúde mental; gravidez; infância; médicos de família

Texto Completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14417/ap.120

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Nº ERC: 107494 | ISSN (in print): 0870-8231 | ISSN (online): 1646-6020 | Copyright © ISPA - CRL, 2012 | Rua Jardim do Tabaco, 34, 1149-041 Lisboa | NIF: 501313672 | O portal e metadados estão licenciados sob a licença Creative Commons CC BY-NC