A construção do Eu adolescente na relação com o(s) Outro(s): O igual, o diferente e o complementar através do Rorschach

Isabel Duarte da Cunha, Maria Emília Marques

Resumo


No presente trabalho as autoras procuram constituir o Outro como um organizador do processo de desenvolvimento adolescente. Através da articulação entre as concepções sobre a adolescência e as noções de sujeito e de objecto, Eu-Outro, foi possível constituir três dimensões do Outro durante o processo de desenvolvimento adolescente: o igual, o diferente e o complementar. Como método de acesso ao sujeito psicológico foi utilizado o Rorschach, inscrito por um lado na escola Francesa, com os parâmetros Representação de Si e Representação das Relações e, por outro lado, no modelo transformacional que privilegia a relação de comunicação, de simbolização, de criação e de expansão. Foram analisados protocolos de adolescentes com 13 e 17 anos, de ambos os sexos, de modo a ser possível observar de que modo é que decorre a relação entre o Eu e o(s) Outro(s) neste período do desenvolvimento.


Palavras-chave


Adolescência; Complementar; Diferente; Relação Eu-Outro: Igual Rorschach

Texto Completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14417/ap.208

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Nº ERC: 107494 | ISSN (in print): 0870-8231 | ISSN (online): 1646-6020 | Copyright © ISPA - CRL, 2012 | Rua Jardim do Tabaco, 34, 1149-041 Lisboa | NIF: 501313672 | O portal e metadados estão licenciados sob a licença Creative Commons CC BY-NC