Prevalência de sintomas depressivos em adolescentes portugueses

Paulo Cardoso, Conceição Rodrigues, Anita Vilar

Resumo


Esta investigação teve como objectivo principal caracterizar a prevalência de sintomas depressivos ema dolescentes que frequentam escolas secundárias do concelho de Palmela. Aplicou-se a versão portuguesa do Inventário de Depressão para Crianças (CDI) a uma amostra de 570 jovens entre os 12 e os 17 anos. Fizeram-se estudos das características psicométricas do inventário, cálculo da percentagem de sujeitos considerados sem sofrimento psicológico (amostra total e subamostras) e estudos sobre o efeito preditivo das variáveis critério relativamente aos resultados no CDI. Neste artigo, discutem-se os resultados do estudo, suas implicações práticas e limitações.

Palavras-chave


Epidemiologia; adolescentes; prevalência; sintomas depressivos

Texto Completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14417/ap.264

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Nº ERC: 107494 | ISSN (in print): 0870-8231 | ISSN (online): 1646-6020 | Copyright © ISPA - CRL, 2012 | Rua Jardim do Tabaco, 34, 1149-041 Lisboa | NIF: 501313672 | O portal e metadados estão licenciados sob a licença Creative Commons CC BY-NC