A implementação da educação sexual na escola: Atitudes dos professores

Maria Helena Reis, Duarte Vilar

Resumo


Os objectivos deste estudo focalizaram-se nas atitudes dos professores relativas à educação sexual nas escolas, assim como em perceber o seu grau de conhecimento e conforto ao abordar temas de sexualidade. Procurámos relacionar o grau de religiosidade e os estilos de ensino com essas atitudes. Participaram neste estudo 600 professores dos 2.º, 3.º Ciclos e Secundário. Para responder a estas questões foram utilizados três instrumentos: o Questionário de Avaliação de Atitudes face à Educação Sexual (QAAPES) de Reis e Vilar (2002), a Escala de Religiosidade retirada do Estudo Europeu de Valores (Correia, 2000) e o Teaching Styles Inventory (TSI) de Grasha (1996). Nesta amostra os professores revelaram uma atitude favorável à implementação da educação sexual.

Palavras-chave


Educação sexual; professores; atitudes; conhecimento; conforto

Texto Completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14417/ap.273

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Nº ERC: 107494 | ISSN (in print): 0870-8231 | ISSN (online): 1646-6020 | Copyright © ISPA - CRL, 2012 | Rua Jardim do Tabaco, 34, 1149-041 Lisboa | NIF: 501313672 | O portal e metadados estão licenciados sob a licença Creative Commons CC BY-NC