A criança com Síndrome Nefrótico e com Doença Celíaca: Percepções relativas ao controlo da doença e à forma como lida com ela

Salomé Vieira Santos, Adelina Lopes da Silva

Resumo


No âmbito de um estudo mais lato que visa o impacto psicológico do Síndrome Nefrótico e da Doença Celíaca, desenvolveu-se uma entrevista semi-estruturada para crianças. Apresentam-se os resultados decorrentes das respostas a questões específicas que avaliam a percepção da criança no que respeita ao lidar com a doença e ao controlo da mesma. Os participantes (N=81), com idades entre os 6 e os 10 anos, estão distribuídos por três grupos com o mesmo número de indivíduos: G1 – Síndrome Nefrótico, G2 – DoençaCelíaca, G3 – Sem Doença Física.

Os grupos com doença diferem em alguns comportamentos de coping adoptados para lidar com a doença, sendo também distinta em conteúdos particulares a percepção relativa a aspectos da doença considerados difíceis de suportar; não diferem de forma importante no cumprimento das prescrições médicas, ainda que este pareça mais fácil para o G2.


Palavras-chave


Síndrome Nefrótico; Doença Celíaca; crianças; coping; adesão

Texto Completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14417/ap.311

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Nº ERC: 107494 | ISSN (in print): 0870-8231 | ISSN (online): 1646-6020 | Copyright © ISPA - CRL, 2012 | Rua Jardim do Tabaco, 34, 1149-041 Lisboa | NIF: 501313672 | O portal e metadados estão licenciados sob a licença Creative Commons CC BY-NC