Modelo lógico de um programa de intervenção comunitária – GerAcções

Susana Fonseca Carvalhosa, Ana Domingos, Cátia Sequeira

Resumo


Os modelos lógicos são uma maneira sucinta de mostrar e ilustrar como um projecto foi concebido e está a ser desenvolvido e resume os principais elementos do projecto. O modelo lógico do programa GerAccões é apresentado. Foi desenvolvido como uma forma de planeamento estratégico, que vem sendo utilizado para uma melhoria contínua do programa e, agora, no final deste, para o planeamento da avaliação.

Os componentes do modelo lógico do GerAcções são: (1) Missão do programa – envolver as pessoas que moram ou trabalham na Freguesia de Santa Maria de Belém (Lisboa), como os membros chave na promoção dos seus interesses e na resolução dos seus problemas, afim de construir uma comunidade saudável; (2) Recursos – parcerias, coligações comunitárias e patrocinadores; (3) Objectivos – Gerais: envolvimento de crianças e jovens, famílias e seniores no seu próprio processo de desenvolvimento, bem como o envolvimento da comunidade e parceiros da rede social para uma intervenção integrada no processo de construção de uma comunidade saudável, e Específicos: o empowerment comunitário, a promoção da saúde e prevenção da violência, o bem estar e qualidade de vida; (4) Actividades – Conselho Consultivo, a intervenção nas escolas, Roteiro de espaços lúdicos, Centro Jovem e Centro Sénior, Formação Parental, Comissão Social de Freguesia, Dia Europeu dos Vizinhos, Publicações; (5) Cronograma – desde Março de 2006 até Fevereiro de 2010; (6) Resultados – maior conhecimento em relação aos comportamentos positivos para a saúde, o aumento das competências pessoais e sociais para as crianças e os jovens, os pais aumentarem seus conhecimentos e competências de comunicação positiva, aumentar a participação comunitária, estabelecimento de redes de suporte formais e informais; (7) Indicadores – número de participantes, conhecimentos e competências alcançados, mudança de atitudes e de condições; (8) Medidas – quantitativa como inquéritos e aplicação de escalas, e qualitativas como grupos de discussão e entrevistas; (9) Sustentabilidade; e (10) Avaliação.

A avaliação do programa GerAcções é pertinente, neste momento, providenciando informação sobre o valor e a importância do programa através de investigação sistemática. A avaliação tem um objectivo e as informações fornecidas serão usadas para facilitar a decisão do rumo das acções.


Palavras-chave


Empowerment; Intervenção comunitária; Modelo lógico

Texto Completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14417/ap.319

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Nº ERC: 107494 | ISSN (in print): 0870-8231 | ISSN (online): 1646-6020 | Copyright © ISPA - CRL, 2012 | Rua Jardim do Tabaco, 34, 1149-041 Lisboa | NIF: 501313672 | O portal e metadados estão licenciados sob a licença Creative Commons CC BY-NC