A teoria dos cinco factores: Uma proposta inovadora ou apenas uma boa arrumação do caleidoscópio personológico?

Margarida Pedroso Lima, António Simões

Resumo


Neste artigo, apresenta-se, analisa-se e discute-se uma proposta recente de teorização do modelo dos cinco factores da personalidade na idade adulta. A teoria dos cinco factores da personalidade pretende fornecer um quadro de referência aos «Big Five», escudá-los contra algumas críticas mais severas, bem como inventariar, e dar resposta, a muitas das questões centrais levantadas pelas teorias clássicas da personalidade. A teoria dos cinco factores vem ajudar a preencher uma lacuna bem reconhecida, neste domínio. Porém, sendo embora uma proposta necessária e fecunda, espera, agora, pelas necessárias corroborações. É, assim, na nossa perspectiva, uma arrumação meritória do caleidoscópio personológico.

Palavras-chave


Modelo dos cinco factores; Teoria dos cinco factores; personalidade

Texto Completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14417/ap.412

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Nº ERC: 107494 | ISSN (in print): 0870-8231 | ISSN (online): 1646-6020 | Copyright © ISPA - CRL, 2012 | Rua Jardim do Tabaco, 34, 1149-041 Lisboa | NIF: 501313672 | O portal e metadados estão licenciados sob a licença Creative Commons CC BY-NC