Relações familiares e práticas maternas de mau trato e de negligência

Maria Manuela Calheiros, Maria Benedicta Monteiro

Resumo


Neste artigo analisam-se os efeitos directos de um conjunto de factores exo-sistémicos da família e os efeitos de mediação da violência, coesão e conflito familiar nas práticas maternas abusivas.

102 mães, seleccionadas através do Questionário de Avaliação do Mau Trato e Negligência, responderam a um conjunto de questões sobre a percepção de ambiente familiar (coesão e conflito) e acontecimentos de vida.

Os resultados indicam efeitos directos do nível socioeconómico na negligência e da estrutura familiar no mau trato. Os acontecimentos de vida negativos têm um efeito indirecto através da violência doméstica nas diferentes práticas abusivas. Os resultados indicam ainda que o conflito e a coesão, controlados os factores do exossistema, são pouco importantes na explicação das práticas abusivas.

A partir dos resultados são discutidas as implicações dos modelos de mediação na compreensão das práticas abusivas, assim como os programas de intervenção com mães que experienciam stress em diferentes domínios de vida familiar.

Palavras-chave


Factores exo-sistémicos; violência familiar; coesão; conflito; mau trato e negligência

Texto Completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14417/ap.440

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Nº ERC: 107494 | ISSN (in print): 0870-8231 | ISSN (online): 1646-6020 | Copyright © ISPA - CRL, 2012 | Rua Jardim do Tabaco, 34, 1149-041 Lisboa | NIF: 501313672 | O portal e metadados estão licenciados sob a licença Creative Commons CC BY-NC