Burnout, satisfação com a vida, depressão e carga horária em professores

Ana Paula Rodrigues Gomes, Sónia dos Reis Quintão

Resumo


Foi objectivo da presente investigação estudar a relação entre o burnout, a satisfação com a vida, a depressão e a carga horária em docentes de vários níveis de ensino, numa amostra de 308 professores,123 do sexo masculino e 185 do sexo feminino, com uma média de idades de 41,63 anos (DP=10,12).Foram utilizados: Inventário de Burnout de Maslach (Maslach, Jackson, & Leiter, 1996), Satisfaction with Life Scale (Diener, 1984) e Beck Depression Inventory (Beck, Steer, & Garbin, 1988).
Os resultados obtidos mostraram que os docentes com maior carga horária apresentaram mais sintomas de depressão, mas não revelaram relação com o burnout nem com a satisfação com a vida. As mulheres apresentaram valores superiores de burnout, ao nível da despersonalização e de exaustão emocional relativamente aos homens.

Palavras-chave


Burnout; Carga horária; Docentes; Depressão; Satisfação com a vida

Texto Completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14417/ap.56

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Nº ERC: 107494 | ISSN (in print): 0870-8231 | ISSN (online): 1646-6020 | Copyright © ISPA - CRL, 2012 | Rua Jardim do Tabaco, 34, 1149-041 Lisboa | NIF: 501313672 | O portal e metadados estão licenciados sob a licença Creative Commons CC BY-NC