Que idade tem o trabalhador mais velho? Um contributo para a definição do conceito de trabalhador mais velho

António Fula, Virgílio Amaral, Ana Abraão

Resumo


Este estudo procura contribuir para a definição do conceito de trabalhador mais velho, através da identificação das idades que definem esta fase da vida. Explora ainda a possibilidade de este conceito ser definido com recurso a uma linha imaginária que recuará no tempo de modo a proteger a auto--estima e auto-imagem positiva. Participaram neste estudo 177 pessoas, com idades compreendidas entre os 17 e os 76 anos. A idade do trabalhador mais velho foi concebida como um intervalo, em que o limite inferior e superior foi aferido através de um questionário desenvolvido para o efeito.
Os resultados apontam para que o trabalhador mais velho seja uma pessoa entre os 53 e os 65 anos deidade, sendo que essa categoria é atribuída a pessoas que se encontram numa fase transitória, perto do final da sua vida activa e da entrada na reforma. Os resultados mostram, por um lado uma correlação positiva baixa entre a idade dos participantes e o limite inferior da idade do “trabalhador mais velho”,e por outro, uma correlação negativa baixa entre a idade dos participantes e a amplitude do intervalo. Estes resultados sugerem que idade de entrada na categoria de trabalhador mais velho é definida por uma linha imaginária que vai recuando mediante o avanço da idade de quem a atribui

Palavras-chave


Etarismo; Idade; Trabalhador mais velho

Texto Completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14417/ap.567

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN (in print): 0870-8231 | ISSN (online): 1646-6020 | Copyright © ISPA - Instituto Universitário, 2012 | O portal e metadados estão licenciados sob a licença Creative Commons 'CC BY-NC '