Qualidade da vinculação percebida por mães e crianças em idade escolar provenientes de diferentes tipos de família

Sónia Catarina Carvalho Simões, Filipa Nunes Vicente Filipe de Oliveira Filipe, Carlos Manuel da Cruz Farate

Resumo


A literatura tem referido que as crianças de famílias nucleares apresentam uma vinculação mais seguracomparativamente às de famílias monoparentais ou reconstituídas.Foram objetivos deste estudo investigar a qualidade da vinculação em crianças em idade escolarpertencentes a famílias nucleares, monoparentais e reconstituídas e observar a convergência entreperceção materna dos comportamentos de vinculação e representação da qualidade de vinculação dascrianças.É um estudo transversal, com 168 crianças dos 8 aos 11 anos (M=9.17) e respetivas mães. O protocolode investigação incluiu o Separation Anxiety Test (SAT) e a Escala de Perceção Materna doComportamento de Vinculação da Criança (PCV-M).Os resultados mostram não haver convergência significativa entre a perceção materna doscomportamentos de vinculação e a representação da vinculação pela criança. Somente nas famíliasmonoparentais houve diferenças no comportamento base segura do PCV-M em função darepresentação da vinculação da criança (segura/insegura). Não se observou uma associação entre otipo de família e a representação da vinculação da criança, nem diferenças na perceção materna doscomportamentos de vinculação entre os diferentes tipos de família.Em conclusão, a qualidade da vinculação das crianças não varia em função do tipo de família, mesmose há uma baixa convergência entre as perspetivas de mães e filhos em relação à qualidade docomportamento de vinculação destes últimos.

Palavras-chave


vinculação, crianças em idade escolar, tipo de família, Separation Anxiety Test

Texto Completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14417/ap.829

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Nº ERC: 107494 | ISSN (in print): 0870-8231 | ISSN (online): 1646-6020 | Copyright © ISPA - CRL, 2012 | Rua Jardim do Tabaco, 34, 1149-041 Lisboa | NIF: 501313672 | O portal e metadados estão licenciados sob a licença Creative Commons CC BY-NC