Caracterização do uso do preservativo em jovens adultos portugueses

Alexandra Gomes, Cristina Nunes

Resumo


O número de infecções de VIH tem aumentado entre os jovens adultos, em Portugal, como na Europa e Estados Unidos da América. Considerando este facto, este estudo tinha como objectivo caracterizar o uso do preservativo nos jovens adultos Portugueses. As respostas fornecidas por 1138 jovens adultos evidenciam uma utilização inconsistente, principalmente nos indivíduos mais velhos e que têm parceiro estável. Os comportamentos sexuais e uso do preservativo são idênticos entre homens e mulheres, ao contrário de outros estudos desenvolvidos. Apesar de se verificar que os jovens adultos têm uma intenção de uso elevada, o seu comportamento mostra-se discrepante. São necessários mais estudos para compreender a utilização do preservativo de forma a promover a saúde individual e colectiva, no que concerne a infecções sexualmente transmissíveis.

Palavras-chave


Jovens adultos; Uso do preservativo; VIH/SIDA

Texto Completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14417/ap.99

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Nº ERC: 107494 | ISSN (in print): 0870-8231 | ISSN (online): 1646-6020 | Copyright © ISPA - CRL, 2012 | Rua Jardim do Tabaco, 34, 1149-041 Lisboa | NIF: 501313672 | O portal e metadados estão licenciados sob a licença Creative Commons CC BY-NC