Bullying – A provocação/vitimação entre pares no contexto escolar português

Susana Fonseca de Carvalhoa, Luísa Lima, Margarida Gaspar de Matos

Resumo


O presente estudo pretende caracterizar e diferenciar os jovens provocadores e vítimas nas escolas portuguesas. Numa amostra nacional representativa analisaram-se os comportamentos de bullying nas escolas portuguesas, através de uma adaptação do questionário português «Comportamentos de Saúde em Jovens em Idade Escolar».

Os resultados são consistentes com os de outros estudos sobre a diferença entre sexos, idades e anos de escolaridade – os rapazes, os mais novos e os de anos de escolaridade mais baixos estão mais envolvidos no bullying. Confirmam-se as características dos provocadores, das vítimas e das vítimas provocativas referidas também na literatura existente e apresentam-se os determinantes para os comportamentos de provocação e de vitimação.

Palavras-chave


bullying, provocadores;vítimas;escola;pares;adolescentes

Texto Completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14417/ap.21

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Nº ERC: 107494 | ISSN (in print): 0870-8231 | ISSN (online): 1646-6020 | Copyright © ISPA - CRL, 2012 | Rua Jardim do Tabaco, 34, 1149-041 Lisboa | NIF: 501313672 | O portal e metadados estão licenciados sob a licença Creative Commons CC BY-NC