Avaliação da experiência subjectiva em pessoas com lesão cerebral: Adaptação para a populagão portuguesa do European Brain Znjury Questionnaire (EBIQ)

Maria Emília Santos, Liliana de Sousa, Alexandre Castro-Caldas

Resumo


A avaliação da qualidade de vida das pessoas que sofreram lesão cerebral tem sido um aspecto pouco explorado, como resultado, nomeadamente, da falta de instrumentos adequados, das dificuldades dos próprios sujeitos fazerem a sua auto-avaliação e ainda da inexistência de populações de controlo. O European Brain Injury Questionnaire (EBIQ - Teasdale et al., 1997) foi criado para que, de uma forma simples, o doente possa fazer uma avaliação da sua experiência subjectiva e, simultaneamente, um familiar próximo faça também uma avaliação paralela do doente.

O presente trabalho constitui a adaptação do EBIQ para uma população de controlo portuguesa (307 pares - sujeito//elemento da família), de modo a permitir a utilização deste instrumento em diversas situações decorrentes delesão cerebral em sujeitos adultos.


Palavras-chave


Lesão cerebral, qualidade de vida, avaliação

Texto Completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14417/ap.356

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Nº ERC: 107494 | ISSN (in print): 0870-8231 | ISSN (online): 1646-6020 | Copyright © ISPA - CRL, 2012 | Rua Jardim do Tabaco, 34, 1149-041 Lisboa | NIF: 501313672 | O portal e metadados estão licenciados sob a licença Creative Commons CC BY-NC